Incêndios e estradas matam 157 pessoas durante festas na China

Os 13 mil incêndios registrados durante a semana de férias do Ano Novo Lunar, ou Festa da Primavera, na China, deixaram pelo menos 63 mortos, segundo números do Ministério de Segurança Pública divulgados nesta quarta-feira pela imprensa local. A Festa da Primavera, comemorada entre 28 de janeiro e 4 de fevereiro, deixou também 94 mortos e 53 feridos nas estradas do país, acrescentou o ministério. Estes incidentes originaram perdas no valor de US$ 3,67 milhões, de acordo com as mesmas fontes.Outras 47 pessoas ficaram feridas nos incêndios, ocorridos em uma época em que é tradicional o uso de fogos, muitas vezes sem nenhum tipo de precaução e, inclusive, em lugares fechados.O número de incêndios representou um aumento de 15,5% com relação ao ano passado, depois de este ano ser suspensa, após 12 anos, a proibição de soltar fogos em mais de 200 cidades do país, entre elas Pequim.O acidente mais grave aconteceu na cidade de Linzhou, na província central de Henan, quando 36 pessoas que participavam de uma comemoração em um templo morreram, após a explosão de um depósito de fogos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.