Jose Salvatierra/Santa Cruz governor's office via AP
Jose Salvatierra/Santa Cruz governor's office via AP

Incêndios na Bolívia atingem 700 mil hectares

Segundo o ministro da Defesa, Javier Zavaleta, oito casas foram destruídas e 1.817 estão afetadas pelos incêndios.

Redação, O Estado de S.Paulo

23 de agosto de 2019 | 01h39

LA PAZ -  Pelo menos 1.817 famílias e mais de 700.000 hectares de florestas e pastagens foram afetadas pelos incêndios na região da Chiquitania, no departamento de Santa Cruz, na Bolívia, segundo informações divulgadas nesta quinta-feira, 22, por fontes oficiais.

O ministro da Defesa da Bolívia, Javier Zavaleta, disse a jornalistas que a superfície incendiada na área, situada no leste do País, é de 744.711 hectares, o que afeta 35 comunidades em 11 municípios.

Ainda segundo o ministro, até as 12h (local, 13h de Brasília) foi reportado que oito casas foram destruídas e 1.817 estão afetadas pelos incêndios.

Zavaleta forneceu o relatório em entrevista coletiva junto com os ministros da Presidência, Juan Ramón Quintana, e de Desenvolvimento Rural e Terras, César Cocarico, em Roboré, um dos municípios de Santa Cruz mais castigados e que sedia a coordenação das operações de combate ao fogo e auxílio à população.

O ministro da Defesa informou ainda que, para diminuir os incêndios, está em andamento o chamado plano Tajibo, através do qual foram mobilizadas 2.439 pessoas de diferentes instituições do Governo Central, do Governo de Santa Cruz, das forças de segurança e dos municípios atingidos. EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.