Índia: 8 mortos em desabamento de prédio residencial

Equipes de resgate salvaram um bebê de colo dos destroços de um edifício residencial que desabou na manhã de hoje em Mumbai, mas o número de mortos subiu de três para oito, informaram autoridades indianas. Dezenas de moradores continuam presos entre os escombros e teme-se que a cifra de vítimas aumente à medida que avançarem os esforços de resgate.

AE, Agência Estado

27 Setembro 2013 | 12h05

Sob uma chuva fina, testemunhas aplaudiram quando as equipes de resgate retiraram a menina através de um túnel escavado entre os escombros. Passadas 12 horas do desabamento, 32 pessoas haviam sido resgatadas, disse Alok Awasthi, comandante local da Força Nacional de Resposta a Desastres.

Awasthi disse também que mais de 30 pessoas estavam desaparecidas e os trabalhos de salvamento continuariam pela noite. "Vamos trabalhar ininterruptamente até que todo mundo seja encontrado", prometeu ele.

Localizado na região sudeste da cidade, o prédio desabou pouco depois das 6h da manhã (horário local). Awasthi disse que o edifício pertence ao Brihanmumbai Municipal Corp, o governo municipal da cidade, e a maioria dos moradores de seus 22 apartamentos era formada por funcionários da prefeitura de Mumbai.

O desabamento de hoje é a terceira ocorrência do gênero com mortes nos últimos seis meses em Mumbai, principal centro financeiro indiano. Em abril, o desabamento de um edifício erguido ilegalmente deixou 72 mortos. Em junho, dez pessoas morreram, entre elas cinco crianças, na queda de um prédio de três andares na cidade. Fonte: Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.