Índia acredita ter matado membros de milícia pró-Paquistão

De acordo com informações policiais divulgadas no início da madrugada desta quinta-feira, forças indianas mataram quatro suspeitos de integrar milícias islâmicas no trecho indiano da Caxemira.As autoridades da Índia acreditam que os quatro homens mortos faziam parte do Hezb-ul-Mujahadeen, um dos principais grupos armados envolvidos na disputa entre a Índia e o Paquistão, desde 1989. O território é alvo de uma luta separatista sob influência muçulmana do Paquistão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.