Índia celebra a chegada da primavera com festival das cores

Tradição manda que todos pintem os corpos com pigmentos e dancem ao som dos tambores

Efe,

22 de março de 2008 | 09h48

A Índia celebra neste sábado, 22, o festival das cores, o chamado Holi, em homenagem à chegada da primavera. Danças, cantorias e muitas cores fazem parte das comemorações. A tradição manda que todos pintem os corpos com pigmentos. Nesse ano, porém, uma diferença: as autoridades pediram mais respeito com o meio ambiente.   "Grande parte das tintas artificiais são feitas com materiais sintéticos e contêm elementos prejudiciais como chumbo e cádmio [uma espécie de metal]", diz em um anúncio a chefe de Estado de Nova Delhi, Sheila Dikshit.   Nesse ano, a chefe de Estado convocou a população de Nova Délhi a usar produtos naturais como beterraba, espinafre e as cascas da romã para obter toda a gama de cores que os indianos normalmente compram na forma de pós tóxicos para lambuzar amigos e estranhos.   Durante o Holi, os indianos brincam com água, pintam a cara de seus amigos com cores variadas e ainda tiram a camiseta enquanto dançam ao som do tambor.   "Holi é o dia da amizade, do amor e do carinho porque foi o dia da reencarnação do deus Vishnu", conta o indiano Manoj Sharma, originário da região norte de Uttar Pradesh.   O primeiro-ministro da Índia, Manmohan Singh, resumiu a essência da festa ao assinalar que Holi representa "o espírito de fraternidade, harmonia e tolerância" da Índia, segundo informou a agência PTI.

Tudo o que sabemos sobre:
ÍndiaPrimavera

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.