Índia celebra aniversário de 137 anos do nascimento de Gandhi

A Índia celebra nesta segunda-feira o "GandhiJayanti", a festividade que lembra o nascimento há 137 anos deMohandas Gandhi, o chamado "pai da nação". Os atos institucionais e culturais acontecem em todo o país, e nacapital, Nova Délhi, será feita uma oração unindo várias religiõesjunto ao Rajghat, o local onde o corpo de Gandhi foi cremado. O primeiro-ministro da Índia, Manmohan Singh, que se encontra emvisita oficial à África do Sul, lembrou a memória do lutador pelaliberdade quando efetuou a mesma viagem de trem pelo país africanoque há 113 anos completava um jovem advogado chamado MohandasGandhi. Devido às leis racistas da África do Sul, Gandhi foi expulso dovagão e a partir daí começou sua rebelião contra a injustiça e aopressão imperial inglesa. A imprensa indiana comenta nesta segunda-feira com uma mistura de admiração edesencanto o que ainda subsiste da mensagem de paz e sacrifício queGandhi tentou mostrar a seu povo, e o jornal The Times of Indiacita, por exemplo, alguns jovens estudantes das grandes cidadesindianas que pensam que "Gandhi é maravilhoso, mas hoje dia não sepode sair adiante praticando a não-violência". É tradição que se cante a canção favorita do Mahatma (almagrande), Raghupathi Raghava Rajaram, em todos os atos públicosrelacionados a sua figura.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.