Índia condena 8 pessoas por acidente em Bhopal

Uma corte indiana condenou oito pessoas hoje por negligência ao não prevenirem um dos piores acidentes industriais do mundo, e que matou milhares de pessoas na cidade indiana de Bhopal, em 3 de dezembro de 1984. Na época, houve um vazamento de gases tóxicos na unidade da companhia Union Carbide, situada no centro de Bhopal, o qual se espalhou pelo ar e matou, inicialmente, cerca de 4 mil pessoas. Ativistas dizem que esse número pode ter chegado a 15 mil ao longo dos anos seguintes. O juiz Mohan P. Tiwari condenou os acusados por terem "causado mortes por negligência" e por "homicídio culposo, sem intenção de matar", apesar que as penas - que deverão ser de no máximo dois anos de prisão, segundo fontes - só serão conhecidas posteriormente. Os acusados deverão recorrer da sentença.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.