Índia cria frente de trabalho para empregar 60 milhões

A Índia lança nesta quinta-feira uma frente trabalho que deve proporcionar emprego a 60 milhões de pessoas em áreas rurais do país. O projeto prevê que um integrante de cada uma das 60 milhões de famílias rurais indianas trabalhe cem dias por ano, recebendo o salário mínimo do país. A primeira fase do programa deve cobrir 200 dos municípios mais pobres do país. A meta é ampliá-lo para todo o país nos próximos quatro anos.O programa é visto também como uma medida importante para tentar conter a migração rural para as já abarrotadas cidades da Índia. Cerca de 70% dos mais de 1 bilhão de habitantes indianos moram em áreas rurais.MulheresAs pessoas beneficiadas pelo projeto vão trabalhar em construções de estradas, na melhoria da infra-estrutura rural e a construção de canais. O governo diz que vai dar prioridade para mulheres.Críticos dizem que o projeto é muito caro, insustentável e pode estimular a corrupção.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.