REUTERS/Navesh Chitrakar
REUTERS/Navesh Chitrakar

Índia dará visto gratuito em Nova Délhi para brasileiros saindo do Nepal

Exceção diplomática foi concedida para abrir uma nova rota de fuga para turistas; governo conseguiu contato com 183 dos 211 brasileiros no Nepal

Lisandra Paraguassu, Enviada Especial / Katmandu, O Estado de S. Paulo

28 de abril de 2015 | 10h27

KATMANDU - O governo brasileiro conseguiu obter da Índia a concessão gratuita no aeroporto de Nova Délhi de vistos para turistas que estejam saindo do Nepal. As negociações para exceção diplomática foram feitas pelas embaixadas em Katmandu e Nova Délhi para abrir uma nova rota de fuga dos turistas presos no país depois do terremoto que atingiu o Nepal no último sábado, já que essa é a melhor alternativa de saída, com sete voos diários ligando as duas cidades.

A embaixada brasileira em Katmandu forneceu às autoridades portuárias e às companhias aéreas que voam para Nova Délhi uma lista dos mais de 200 brasileiros que estariam no Nepal - e dos quais a missão diplomática tem conhecimento - para facilitar a aplicação da medida. Ainda que o acordo valha para todos os brasileiros, a embaixada sugere que as pessoas que desejem optar por essa rota informem a representação brasileira.


De acordo com os números mais recentes, a embaixada recebeu a notificação de 211 brasileiros que estariam no Nepal e 183 foram localizados. A maior parte já saiu ou está para sair do país. "É o melhor a fazer. Não é bom ficar aqui. Podem haver epidemias, a situação ainda é muito complicada", explica a embaixadora Maria Teresa Pessoa, que chegou a visitar alguns acampamentos atrás de brasileiros. "Fui com uma bandeirinha brasileira e outra argentina (a embaixada está ajudando também argentinos, já que o país não tem representação no Nepal). Não encontrei ninguém. Mas a situação é muito difícil, especialmente em termos de saneamento", contou.

Entre os brasileiros, a situação mais complicada é de um grupo que está preso em Pangboche, uma das primeiras cidades da trilha até o Campo Base do Monte Everest. O grupo, no entanto, está hospedado em um bom hotel e espera a melhora da trilha para sair.

Tudo o que sabemos sobre:
Nepalterremototerremoto no Nepal

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.