Índia diz que retirará tropas da fronteira com o Paquistão

A Índia retirará algumas tropasde sua fronteira com o Paquistão, mas não da volátil linha decessar-fogo que separa os dois rivais nucleares na disputadaregião da Caxemira, afirmou nesta quarta-feira o governoindiano. A medida parece destinada a reduzir tensões entre ambosos países, que estiveram a ponto de se declararem guerra emmeados deste ano, e se segue ao retorno à Índia doprimeiro-ministro Atal Bihari Vajpayee, que foi pressionado nasemana passada pelos dirigentes da União Européia (UE) a quepropiciasse um diálogo com o Paquistão. Não obstante, o ministro de Defesa indiano, GeorgeFernandes, excluiu totalmente uma nova série de conversaçõesimediatas com o país vizinho. "Não haverá nenhum diálogo com o Paquistão enquanto oterrorismo paquistanês continuar de pé", disse Fernandes apósuma reunião do comitê de segurança chefiado por Vajpayee. "Nãohaverá iniciativa diplomática".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.