Índia: ministro convoca reunião de emergência

O primeiro-ministro da Índia, Atal Behari Vajpayee, convocou hoje uma reunião de emergência do gabinete depois do devastador terremoto que deixou pelo menos 220 mortos, segundo um comunicado oficial. A reunião vai começar às 17 horas locais (9h30 de Brasília), na residência de Vajpayee. O terremoto de 6,9 graus de magnitude da escala Richter atingiu a Índia, o Paquistão e o Nepal. Apesar do desastre, o desfile cívico-militar em comemoração ao Dia da República começou como estava programado, na capital Nova Délhi. O terremoto foi centralizado em Rann, no deserto de Kutch, que faz divisa com o Paquistão. O epicentro, segundo o Instituto de Meteorologia Indiano, foi a 300 quilômetros ao sudeste de Karach, a maior cidade paquistanesa com mais de 14 milhões de moradores. O tremor atingiu a Índia às 8h50 (horário local), 1h20 de Brasília.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.