Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Índia pode triplicar produção de mísseis até 2009

A Índia deve triplicar nos próximos dois anos a produção dos mísseis de cruzeiro supersônicos BrahMos, fabricados em associação com a Rússia. "Estamos planejando aumentar a produção do sistema do míssil em 300% nos próximos dois anos", afirmou o chefe executivo e diretor do complexo aeroespacial indiano de BrahMos, A. Sivathanu Pillai.Pillai acrescentou que os serviços de Defesa necessitam de um maior número destes mísseis, que já são usados na Marinha, e ressaltou que há planos para começar a exportá-los.A tecnologia dos mísseis BrahMos, batizados assim por causa do rio indiano Brahmaputra e do russo Moskva, é desenvolvida por uma companhia mista criada pela Rússia e a Índia após um acordo bilateral firmado em fevereiro de 1998.O primeiro teste com este tipo de míssil foi realizado em 2001, e desde então foram feitas mais de dez provas com sucesso. O BrahMos pode ser disparado contra navios e alvos terrestres de plataformas de lançamento situadas em terra, submarinos, navios e aviões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.