Índia prevê acordo sobre banco de desenvolvimento dos Brics até 2014

Os cinco países dos Brics esperam completar os preparativos para o projeto de um banco de desenvolvimento conjunto até a cúpula do grupo em 2014 no Brasil, disse nesta sexta-feira o ministro das Finanças da Índia, P. Chidambaram.

Reuters

19 de abril de 2013 | 19h03

As potências emergentes do grupo, formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, anunciaram no mês passado em uma cúpula na cidade sul-africana de Durban a intenção de criar um banco de desenvolvimento para reduzir sua dependência de instituições financeiras ocidentais.

"Os ministros das Finanças dos Brics se reuniram em Washington, e nós reiteramos nosso compromisso com o banco dos Brics", disse Chidambaram.

"Antes de ir ao Brasil para a próxima cúpula, que ocorrerá um ano depois da reunião em Durban, esperamos completar nossa lição de casa", disse ele em discurso no Instituto Peterson de Washington.

O ministro indiano afirmou que as autoridades dos cinco países, que representam um quinto do Produto Interno Bruto (PIB) mundial e têm grande importância geopolítica em suas regiões, refinarão o projeto e trabalharão nos detalhes técnicos para que os líderes assinem um acordo no próximo ano no Brasil.

Questões sobre a localização do banco e as respectivas contribuições dos países membros serão tratadas pelos mandatários, disse Chidambaram.

"Esperamos que possamos concluir nosso trabalho em 12 meses", disse ele. "É uma agenda ambiciosa, mas vamos trabalhar duro para isso."

(Reportagem de Paul Eckert)

Tudo o que sabemos sobre:
INDIABRICSBANCO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.