Índia realiza teste com míssil supersônico

Os militares indianos anunciaram hoje o teste de uma versão do míssil de cruzeiro supersônico BrahMos, revelou um porta-voz do Ministério da Defesa indiano. A arma terra-terra foi desenvolvida em parceria com a Rússia. O míssil foi disparado do campo de provas Pokhran, no desértico Estado do Rajastão, no oeste indiano, fronteiriço com o Paquistão. A área também foi usada para os testes nucleares da Índia em 1998.Segundo o funcionário, o teste era uma operação de rotina. Porém ele ocorre em um momento de aumento da tensão entre Índia e o Paquistão, após os ataques de militantes em Mumbai. O governo indiano afirma que a ofensiva extremista foi planejada no território paquistanês.O BrahMos tem um alcance de 290 quilômetros e pode transportar uma ogiva convencional de 300 quilos. O míssil de oito metros pesa cerca de 3 toneladas e pode ser lançado da terra, de navios, submarinos ou aeronaves. Uma versão do BrahMos já é usada pela Marinha indiana. O míssil, testado pela primeira vez em junho de 2001, é nomeado em homenagem aos rios Brahmaputra, na Índia, e Moskva, na Rússia. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.