Índia registra aumento de 32% em investimentos estrangeiros no 1º tri fiscal

A economia da Índia registrou um aumento de 32% em investimentos estrangeiros diretos nos primeiros três meses do ano fiscal iniciado em abril. O reforço é um sinal de confiança dos investidores no país emergente.

Estadão Conteúdo

31 de agosto de 2015 | 13h21

No segundo trimestre de 2015, a Índia recebeu US$ 9,51 bilhões, ante US$ 7,23 bilhões no mesmo período do ano passado, de acordo com o Ministério do Comércio do país. Em junho, o investimento estrangeiro direto teve aumento 6,5% ante o mesmo mês em 2014, para US$ 2,05 bilhões.

O setor de desenvolvimento de software e hardware foi o que recebeu maior volume de investimentos no segundo trimestre (US$ 2,55 bilhões), seguido pelo setor automobilístico (US$ 1,1 bilhão), de comércio (US$ 897 milhões) e de serviços (636 milhões).

O governo do primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, afrouxou as restrições para a entrada de capital estrangeiro nos últimos meses, permitindo investimentos em defesa e planos de seguros. Recentemente, o governo também abriu o setor de ferrovias para investimentos em capital estrangeiro. Fonte: Dow Jones Newswires.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.