Índia sacrifica 4 mil aves

A Índia sacrificou cerca de 4 mil aves, entre patos e galinhas, após algumas delas terem sido diagnosticadas com o vírus da gripe aviária em uma fazenda do governo no estado de Tripura, no nordeste do país, afirmou Jyotirmoy Chakrabarty, diretor do departamento de pesquisa animal local. Ele acrescentou que não havia relatos de humanos infectados e que haverá sacrifício de aves em fazendas vizinhas numa tentativa de impedir a disseminação da doença.

AE, Agência Estado

20 de fevereiro de 2011 | 13h35

"Não há motivo para pânico, estamos eliminando as aves porque foram detectados vírus H5", disse Chakrabarty. Foi proibido o transporte e a venda de pássaros e ovos da região da fazenda e também a importação de aves e ovos de Bangladesh, país próximo ao local.

O último grande surto de gripe aviária na Índia ocorreu em 2008, quando milhões de aves foram sacrificadas. No ano passado, também houve surtos, mas menores. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Índiagripeaves

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.