Índia testa míssil balístico de curto alcance

A Índia testou com sucesso o lançamento do míssil balístico Dhanush a partir de um navio ancorado na Baía de Bengala, a 30 quilômetros da costa do Estado de Orissa, leste do país. "O teste cumpriu todos os parâmetros exigidos", afirmou S.P. Das, diretor do Integrated Test Range, unidade da Organização de Pesquisa e Desenvolvimento de Defesa, do governo indiano.

AE, Agencia Estado

13 de dezembro de 2009 | 12h45

O míssil Dhanush, que tem alcance curto, de 350 quilômetros, é uma versão água-terra do míssil Prithvi, terra-terra, e que pode carregar tanto ogivas nucleares quanto convencionais.

A última vez que a Índia realizou testes com o Dhanush foi em 2007. No mês passado, o país fez testes noturnos de um míssil balístico de médio alcance com capacidade para carregar ogivas nucleares, mas sem sucesso.

O país está desenvolvendo vários tipos de mísseis a fim de fortalecer seu sistema de defesa. Entre eles estão o Prithvi, o Agni e o Akash, além do míssil antitanque Nag, e o supersônico Brahmos, este em conjunto com a Rússia. As informações são da Associated Press e da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Índiatestemíssil

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.