Índia testa míssil terra-ar

A Índia realizou hoje seu terceiro teste com mísseis este mês, alegando ser um teste de rotina, enquanto o primeiro-ministro indiano, Atal Bihari Vajpayee, seu vizinho nuclear rival, de ser o centro do terrorismo. O Paquistão negou que apoie o terrorismo e disse que não pretende disputar uma corrida armamentista com a Índia. Nesta segunda-feira, um míssil Akash terra-ar com alcance de 25 km e com capacidade para transportar 50 quilos de explosivos foi lançado pela Índia a partir da base de Chandipur, na Baía de Bengala, no estado litorâneo de Orissa, disse o porta-voz do ministério da Defesa indiano P. K. Bandyopadhyay. Foi o terceiro no perído de um mês.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.