Índia: vazamento de gás mata oficial da Marinha

Um vazamento de gás em um destroier que estava sendo construído em um estaleiro de Mumbai matou um comandante da Marinha e intoxicou dois trabalhadores nesta sexta-feira.

AE, Agência Estado

07 de março de 2014 | 12h52

Após o vazamento de hoje e o incêndio em um submarino na semana passada, o chefe da Marinha indiana, almirante D.K. Joshi, renunciou, assumindo a responsabilidade pela série de acidentes.

O vazamento foi causado por avaria em uma unidade de dióxido de carbono no

destroier, que deveria ser entregue à Marinha no mês que vem, apontou a estatal Mazagon Dock, em comunicado.

Os dois trabalhadores intoxicados com gás foram tratados em um hospital e já tiveram alta, afirmou o porta-voz da Mazagon Parvez Panthaty. Ele disse que não ocorreram incêndios ou explosões na obra.

Dois oficiais da Marinha indiana morreram na semana passada em um incêndio em um submarino russo durante exercício de treinamento no mar. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Índiagásvazamentodestroier

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.