Indianos e paquistaneses trocam disparos na Caxemira

Soldados indianos e paquistaneses trocaram disparos durante a noite na turbulenta região da Caxemira, horas antes da partida do presidente do Paquistão, Pervez Musharraf, para uma visita oficial àChina. Não houve registro de baixas, civis ou militares.Antes de sua partida, Musharraf advertiu que seu paísresponderá com força a um ataque indiano. "O Paquistão quer apaz", disse Musharraf a seu gabinete e aos chefes militarespaquistaneses. "Mas se cometerem o erro de atacar o Paquistão,lamentarão sua decisão. Temos o pretexto, a força e ocompromisso de nos defender".Em Pequim, Musharraf se reunirá com o primeiro-ministrochinês, Zhu Rongji, para analisar as tensões entre os doisvizinhos do Sul da Ásia, disseram funcionários da chancelaria. AChina é o principal aliado do Paquistão e seu primeiro provedorde armas. Esta é a segunda visita de Musharraf à China em menos de ummês. Desta vez, ele está a caminho do Nepal, onde participará deuma reunião dos países do Sul da Ásia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.