Indicador antecedente dos EUA sobe 0,8% em março

O índice de indicadores antecedentes dos EUA medido pelo Conference Board subiu 0,8% em março, para 100,9, depois de aumentar 0,5% em fevereiro. A previsão dos economistas consultados pela Dow Jones Newswires era de alta de 0,7%. O índice coincidente avançou 0,2% em março, enquanto o índice defasado aumentou 0,6%.

Agência Estado

21 de abril de 2014 | 11h13

Segundo Ataman Ozyildirim, economista do Conference Board, a alta do índice de indicadores antecedentes pelo terceiro mês seguido sugere que a economia dos EUA deve se fortalecer nos próximos meses. "Depois de uma pausa no inverno, os indicadores antecedentes estão ganhando força e o crescimento da economia está acelerando. Embora a melhora tenha sido generalizada, os indicadores do mercado de trabalho e spread das taxas de juros lideraram os ganhos em março, compensando a contribuição negativa das licenças de construção", comentou em nota. (Álvaro Campos - alvaro.campos@estadao.com)

Tudo o que sabemos sobre:
EUAeconomiaantecedentes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.