Indígenas protestam contra militares e Exército captura 'carcereiro' de Ingrid

Centenas de indígenas de Cauca - região onde um caça da Força Aérea colombiana caiu na semana passada após um suposto ataque das Farc - voltaram a protestar ontem contra a presença do Exército em Toribío (foto). Segundo a France Presse, os manifestantes cercaram os militares após destruir trincheiras e barracas. Os soldados usaram bombas de gás e atiraram para o alto para dispersar os manifestantes. Na sexta-feira, os indígenas fizeram um protesto semelhante, derrubando antenas de comunicação. Também ontem, o Exército colombiano capturou um integrante das Farc acusado de ter sido o "carcereiro" de Ingrid Betancourt, que ficou mais de seis anos refém da guerrilha.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.