Francis R. Malasig/EFE
Francis R. Malasig/EFE

Indonésia ampliará área de busca para encontrar avião da AirAsia

Decisão foi tomada depois que o segundo de dia de esforços não conseguiu apresentar resultados convincentes

O Estado de S. Paulo

29 de dezembro de 2014 | 11h13

A Indonésia vai expandir a área de busca para encontrar o avião desaparecido da AirAsia. A decisão foi tomada depois que o segundo de dia de esforços não conseguiu apresentar resultados convincentes.

O chefe da Agência Nacional de Busca e Resgate, Bambang Soelistyo, disse que, na terça-feira, as equipes de busca e salvamento devem vascular as águas ao sul da ilha de Bangka e ampliar a área de busca na parte oeste de Bornéu. O voo 8501, com 162 pessoas a bordo, desapareceu no domingo de manhã (horário local), a caminho de Cingapura. A origem do voo era a cidade indonésia de Surabaya. A avião perdeu o contato com o controle de tráfego aéreo menos de uma hora após a decolagem.

Autoridades disseram que 30 navios e 15 aviões foram mobilizados na segunda-feira para vasculhar águas em torno da ilha de Bangka, ao sul de Cingapura, e a parte norte da ilha de Bornéu. A área já havia sido ampliada a partir do seu tamanho inicial.

Soelistyo disse nesta segunda-feira que a avaliação preliminar era que o avião estava no fundo do mar. Ele também afirmou que a Indonésia estava tentando tomar emprestado um veículo submersível da França, do Reino Unido ou dos EUA para ajudar a encontrar o avião desaparecido.

O presidente do país, Joko Widodo, ordenou que o ministério dos Transportes tome as necessárias "ações preventivas e melhore o aspecto da segurança da aviação do país". / Dow Jones Newswires

Tudo o que sabemos sobre:
IndonésiaAirAsia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.