Pradita UTAMA/AFP
Pradita UTAMA/AFP

Indonésia encontra caixa-preta de avião que caiu com 189 a bordo

Equipamento foi encontrado depois de um sinal consistente ter sido detectado nas águas do cabo Karawang, perto de Jacarta, onde caiu a aeronave.

O Estado de S.Paulo

01 Novembro 2018 | 02h13

JACARTA - As autoridades da Indonésia encontraram, nesta quinta-feira, 1, a caixa-preta do avião da companhia aérea de baixo custo Lion Air que caiu na última segunda-feira, 29, no mar de Java com 189 ocupantes sem deixar sobreviventes, de acordo com informações da imprensa local.

As equipes de busca e resgate retiraram a caixa, como mostram imagens divulgadas pela emissora "MetroTV", depois de detectar um sinal consistente no dia anterior nas águas do cabo Karawang, perto de Jacarta, onde caiu a aeronave.

O diretor da Comissão Nacional de Segurança dos Transportes (KNKT), Soerjanto Tjahjono, disse na quarta-feira, 31, à noite que detectaram um sinal de frequência regular em intervalos de menos de um segundo, mas que as correntes e pouca visibilidade dificultavam as operações.

Soerjanto disse que o resultado da investigação completa poderia demorar até seis meses, embora o comitê publicará um relatório preliminar em um mês.

Por enquanto, as equipes de buscas retiraram 56 sacos com restos mortais de pelo menos dez pessoas, segundo os últimos dados da Agência Nacional de Busca e Resgate da República da Indonésia (Basarnas).

O Boeing 737 MAX 8 da companhia aérea indonésia de baixo custo estava em operação há apenas alguns meses e desapareceu dos radares 13 minutos depois de decolar em Jacarta. A aeronave caiu no Mar de Java pouco após solicitar ao controle aéreo permissão para retornar à capital do país. /EFE

Mais conteúdo sobre:
Indonésia [Ásia]avião

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.