REUTERS/Willy Kurniawan
REUTERS/Willy Kurniawan

Indonésia inicia distribuição da vacina Sinovac contra covid-19

O país, que testa a vacina chinesa desde agosto, se prepara para um programa de imunização massiva e receberá um segundo lote com 1,8 milhão de doses ainda neste mês

Redação, O Estado de S.Paulo

03 de janeiro de 2021 | 08h39

JACARTA - A Indonésia começou neste domingo, 3, a distribuir em suas 34 províncias 1,2 milhão de doses de vacinas produzidas pela empresa chinesa Sinovac Biotech contra o novo coronavírus. O objetivo do governo é começar a imunizar sua população neste mês. 

Segundo Bambang Heriyanto, porta-voz da estatal Bio Pharma, a distribuição será feita em mais de 10 mil centros de saúde que foram preparados para receber as doses com segurança. Por sua vez, a porta-voz do Ministério da Saúde, Siti Nadia Tarmizi, explicou ao jornal Konpas que as autoridades sanitárias vão testar a vacina paralelamente à distribuição em todo o arquipélago, com mais de 267 milhões de habitantes. 

O país, que testa a vacina Sinovac desde agosto, se prepara para um programa de inoculação massiva e receberá um segundo lote com 1,8 milhão de doses ainda neste mês. Da mesma forma, os pesquisadores também esperam receber este mês a matéria-prima para produzir cerca de 15 milhões de doses da vacina nos laboratórios do país asiático, o quarto mais populoso do mundo. 

A vacina, que será gratuita para toda a população, será inicialmente inoculada para profissionais de saúde, funcionários e população de alto risco. 

Desde o início da pandemia, a Indonésia registrou mais de 758 mil infectados, dos quais 22.540 morreram. /EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.