Indonésia retém arsenal e 4 suspeitos de ligação com Al-Qaeda

A polícia indonésia informou nesta sexta-feira ter apreendido enorme quantidade de explosivos e armas em um local onde se fabricavam bombas e ter detido quatro membros do grupo Jemaah Islamiyah, ligado à rede terrorista Al-Qaeda. O tenente-general Didi Widayadi disse à emissora de rádio el-Shinta que foi encontrado na quarta-feira, em instalações na localidade de Semarang, um arsenal ?com capacidade explosiva maior do que a das bombas detonadas em Bali?. O arsenal incluía quatro caixas com explosivos, 1.200 detonadores e 22.000 projéteis. Quatro supostos membros do Jemaa Islamiyah também foram detidos, acrescentou o militar. Em 4 de outubro passado, atentados contra dois clubes noturnos em Bali deixaram 202 mortos, em suamaioria turistas estrangeiros. Promotores indonésios responsabilizaram o Jemmah Islamiyah pelos ataques.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.