Indonésia: Subianto alega estar na liderança

O ex-general Prabowo Subianto acredita estar liderando a contagem oficial de votos na corrida presidencial na Indonésia, apesar de pesquisas independentes sugerirem o contrário.

AE, Agência Estado

14 Julho 2014 | 02h45

Subianto criticou o seu rival, o governador de Jacarta, Joko Widodo, por ter reivindicado a vitória logo após o encerramento da votação na última quarta-feira a partir de resultados de pesquisas de boca-de-urna realizadas por grupos privados. O ex-general disse que ambas as campanha devem esperar até que a Comissão Eleitoral anuncie os resultados consolidados, o que está previsto para ocorrer em 22 de julho.

"O outro lado declarou a vitória muito rapidamente com o objetivo de criar uma percepção de que eles ganharam, o que não foi provado pela contagem real", disse Subianto em entrevista ao Wall Street Journal.

Subianto disse que está liderando com uma margem pequena de cerca de 3% com base no monitoramento da contagem realizado por sua equipe de campanha, que alega ter informações de 60% das urnas já apuradas.

"Eu me considero o líder, mas vou esperar pelo resultado da Comissão Eleitoral", disse o ex-general. Fonte: Dow Jones Newswires.

Mais conteúdo sobre:
Indonésia Eleição

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.