Indonésia vai construir museu do tsunami

A Indonésia vai construirum museu de 7,4 milhões de dólares na província de Aceh emmemória das cerca de 170 mil pessoas que morreram no tsumami noOceano Índico em 2004, informou o arquiteto do projeto nestaquarta-feira. O museu na capital da província, Banda Aceh, será um prédiosimilar a uma tradicional casa elevada em estacas, disse RidwanKamil, o arquiteto que venceu a competição para desenhar aobra. Os nomes dos habitantes de Aceh que morreram no tsunami vãoser inscritos em um átrio na forma de chaminé, disse ele. "O museu será um símbolo da força das pessoas de Aceh emenfrentar um desastre dessa magnitude", disse Kamil à Reuters,acrescentando que o local também vai servir como uma colina deescape caso outro tsunami aconteça. O prédio vai contar com uma recriação da passagem dotsunami e um hall memorial equipado com painéiscomputadorizados que vão permitir aos visitantes pesquisarinformações relacionadas ao desastre.O governo destinou 70 bilhões de rupias (7,4 milhões dedólares) para o projeto, que deve ser completado até o final doano. Em 26 de dezembro de 2004, ondas gigantes formadas por umdos terremotos mais poderosos que se tem registro engoliu vilasao longo da costa do Oceano Índico, matando ou deixandodesaparecidas cerca de 230 mil pessoas. Aceh é a província da Indonésia que foi mais atingida pelotsunami, deixando um saldo de 170 mil pessoas mortas oudesaparecidas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.