Indonésio é condenado a 8 anos de prisão por atentado em Bali

Um indonésio foi condenado nesta terça-feira a oito anos de prisão por sua participação nos atentados do ano passado que deixaram 20 mortos e 200 feridos na ilha de Bali, informou a imprensa local.O juiz considerou provada durante o julgamento a relação entre o acusado, Abdul Aziz, de 30 anos, e o terrorista malaio Noordin bin Mohammed Top, com quem se reuniu mais de 10 vezes e a quem forneceu alojamento.Noordin é considerado pela Polícia um dos fugitivos mais perigosos do Sudeste Asiático. Acredita-se, que após militar na organização islâmica Jemaah Islamiya, ele tenha fundado o seu próprio grupo. O terrorista estaria envolvido no primeiro atentado de Bali, em 2002, que causou a morte de 202 pessoas.O advogado de Abdul Aziz prometeu apelar.A justiça indonésia julga outras três pessoas pelo atentado de Bali. As sentenças devem ser anunciadas ainda este mês.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.