Indonésios fazem protesto contra guerra no Iraque

Mais de 300.000 manifestantes participaram neste domingo, na Indonésia, de um protesto contra os ataques norte-americanos e britânicos ao Iraque. A manifestação aconteceu em frente à embaixada dos Estados Unidos e foi o maior protesto registrado no país contra a guerra no Iraque. ?O imperialismo dos Estados Unidos é o terrorista número um?, gritava um dos manifestantes. Com brados como ?Alá é grande?, ?Paz, não à guerra?, ?Bush, Iraque não é seu campo de batalha?, os manifestantes marcharam por uma das principais avenidas de Jacarta. Muitos indonésios estavam vestidos com roupas tradicionais dos muçulmanos e representavam grandes grupos islâmicos do país. O ato foi organizado pela Comissão Indonésia de Solidariedade ao Povo Iraquiano. Os manifestantes se reuniram em frente à embaixada britânica e marcharam pacificamente ao escritório das Nações Unidas no país, antes de irem à embaixada norte-americana. Eles foram escoltados por mais de 1.500 agentes policiais. O trânsito foi temporariamente interditado e não foi registrada nenhuma ocorrência policial. Veja o especial :

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.