Indonésios protestam contra ação militar israelense

Centenas de estudantes muçulmanos realizaram manifestações nas principais cidades da Indonésia para pedir a retirada das tropas israelenses do território palestino. Em Jacarta, cerca de 200 pessoas carreavam faixas onde se lia "Ariel Sharon é o verdadeiro terrorista" e "Salve a Palestina". No porto de Makassar, na ilha de Sulawsi, e na cidade industrial de Badung, em Java, centenas de pessoas queimaram bandeiras dos EUA e de Israel. O governo da Indonésia, a nação muçulmana mais populosa do muno, condenou veementemente os ataques israelenses contra o QG de Arafat em Ramallah (Cisjordânia).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.