Indonésios tentam recuperar caixas-pretas de avião russo

Forças especiais da Indonésia tentavam recuperar nesta segunda-feira as caixas-pretas do avião russo Sukhoi superjet-100, que caiu na montanha Salak, um vulcão, na semana passada, provocando a morte dos 45 passageiros e tripulantes que estavam na aeronave. O avião se chocou a uma velocidade de 800 quilômetros por hora contra a montanha e agora os socorristas tentam encontrar AAS caixas em uma ravina de 500 metros de profundidade. As autoridades indonésias acreditam que o avião pode ter caído em uma área 11 quilômetros ao norte do monte Salak, um vulcão ativo.

AE, Agência Estado

14 Maio 2012 | 17h18

"Nós esperamos chegar às caixas-pretas ainda nesta segunda-feira", disse Tatang Kurniadi, chefe da Agência de Segurança Aérea da Indonésia. As causas do acidente com o avião russo, um modelo novo de jato regional da Sukhoi que fazia um voo experimental para convidados, permanece um mistério.

As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.