Indústria chinesa de carvão ainda é perigosa,diz governo

A indústria de mineração chinesa, que tem o maior número de mortes por acidente no mundo, tem melhorado significativamente, mas ainda precisa de uma década para fazer mudanças mais profundas, disse o diretor de segurança de mineração daquele país, disse Zhao Tiechui. Os acidentes em 2009 mataram 2.631 mineiros de carvão na China,. O recorde foi registrado em 2002, quando 6.995 trabalhadores morreram. Em 2009 uma média de 7,2 mineiros perderam a vida por dia em acidentes, comparado com 19,1 em 2002.

AE-AP, Agencia Estado

13 de fevereiro de 2010 | 14h08

Zhao destacou que as minas de carvão chinesas ainda são perigosas. "As percepções acerca da segurança e da eficácia da lei continuam baixas em algumas regiões ricas em carvão e em algumas empresas mineradoras", ele acrescentou. A agência de notícias chinesa Xinhua afirma que o número de mortes por milhão de tonelada de carvão é oito vezes maior no setor privado do que no público. Por causa disso, o governo chinês tem fechado ou absorvido como estatais centenas de pequenas, e muitas vezes ilegais, minas privadas. Setenta por cento da energia chinesa vem do carvão. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Chinacarvãomortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.