Inflação é a maior preocupação

A inflação é a maior preocupação dos argentinos de acordo com uma pesquisa do instituto de pesquisas Ibarómetro divulgada ontem. No total, 35% dos argentinos apontaram a disparada dos preços como o fato que mais lhes tira o sono. A segunda maior preocupação é a violência, com 20,8%, seguida da educação, com 12,3%, e corrupção, com 11%. A pesquisa foi realizada com 1.100 pessoas entre os dias 26 e 27 de julho.A Argentina registra índices de inflação anuais de 25% segundo cálculos de alguns institutos de pesquisas econômicas independentes, mas o governo não reconhece nem a metade dessa cifra. Os relatórios e dados da Casa Rosada sobre a alta de preços perderam credibilidade no ano passado, quando o então presidente Néstor Kirchner reformou a cúpula do Instituto Nacional de Estatísticas e Censos (Indec) e fez mudanças no critério de amostragem.O atual secretario de Comércio,,Guillermo Moreno, está sendo acusado na Justiça de romper normas de estatística para manipular os dados.

Reuters, O Estadao de S.Paulo

30 de julho de 2008 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.