Inglaterra dará prazo ao Iraque para retorno de inspetores da ONU

O governo britânico informou hoje que considera propor uma imposição ao Iraque de um prazo para que permita o retorno dos inspetores de armas da ONU ao país. "As resoluções da ONU vigentes exigem o acatamento imediato por parte do Iraque, incluindo o que concerne às inspeções de armas. O governo (britânico) continuará considerando esta recomendação", diz o comunicado da chancelaria britânica, que está considerando uma recomendação do Comitê de Relações Exteriores da Câmara dos Comuns. O documento acrescenta que o governo britânico consultará países aliados, incluindo os Estados Unidos, sobre a questão. Mas não indicou o que faria caso o Iraque venha a ignorar um possível prazo. A Grã-Bretanha, principal aliado dos Estados Unidos, tem dito em várias ocasiões que é demasiado cedo para decidir se é necessário um ataque contra o Iraque.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.