Ingleses podem entrar logo em combates terrestres

O governo da Grã-Bretanha indicou, nesta segunda-feira, que tropas terrestres especiais do país poderão entrar em ação no Afeganistão "a curtíssimo prazo" e alertou para o fato de que "ações rápidas" podem ser necessárias para garantir a segurança deste país, caso o regime taleban entre em colapso. Embora as autoridades não tenham feito um anúncio oficial, multiplicaram-se as evidências de que tropas estão prestes a ser deslocadas para o território afegão. "Sempre mantivemos as tropas preparadas para deslocarem-se imediatamente", disse o ministro da Defesa, Geoff Hoon, sublinhando que não será anunciada nenhuma data e, até o momento, a decisão não foi tomada. Já o chanceler Jack Straw afirmou haver "circunstâncias em que uma operação militar aérea deve ser completada com a atuação de tropas terrestres". Na imprensa local, não há dúvidas sobre a entrada iminente em ação. Straw parte nesta terça-feira à noite para Washington, onde se reunirá com o Secretário de Estado, Colin Powell. Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.