Ingleses retiram tropas da última base em Basra

Cerca de 550 soldados britânicos deixaram ontem a última base em Basra (sul), a segunda maior do Iraque, encerrando a presença permanente da Grã-Bretanha no país. A decisão de entregar a base aos iraquianos já havia sido tomada no começo do ano pelo então premiê Tony Blair, que reduziu o número de soldados de 7 mil para 5.500. O premiê Gordon Brown deve anunciar em breve uma nova estratégia para o Iraque.

O Estadao de S.Paulo

07 de setembro de 2003 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.