Inocentado de morte de miss mirim volta à prisão nos EUA

John Mark Karr, que foi colocado em liberdade por não existirem provas que o ligassem ao assassinato da modelo infantil JonBenet Ramsey, foi detido novamente para responder sobre acusações de pornografia infantil.As autoridades do Estado do Colorado disseram que Karr ficará confinado na cidade de Boulder até sua mudança para a Califórnia, a fim de responder às acusações feitas contra ele há cinco anos nesse Estado.Karr foi liberado na segunda-feira, após a promotoria do Colorado retirar as acusações contra ele pelo assassinato de JonBenet Ramsey, que tinha seis anos na época de sua morte, em 1996. No entanto, Karr foi detido na Califórnia em 2001 por cinco acusações de posse de pornografia infantil, das quais ele alega inocência, mas abandonou o Estado antes do julgamento."Apresentamos estas acusações contra Karr em 2001 e os fundamentos do caso se mantêm até hoje", disse o promotor do condado californiano de Sonoma, Stephan Passalacqua, em uma declaração.Passalacqua indicou que uma vez realizada a mudança de Karr à Califórnia, o que deve acontecer nos próximos dias, o acusado deverá comparecer perante as autoridades do condado de Sonoma no começo de setembro.As promotoria do Colorado retirou as acusações contra Karr pelo assassinato da modelo infantil, depois que se comprovasse que as mostras de DNA recolhidas na roupa íntima de JonBenet Ramsey não se correspondiam com as do professor, 41 anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.