Inspetores começarão a trabalhar na Síria na terça-feira

Haia, 27/09/2013 - A Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPCW, na sigla em inglês) disse que iniciará inspeção na Síria na próxima terça-feira, como parte de uma cronograma para eliminar o arsenal de armas químicas do país até meados de 2014, um passo importante para o plano dos EUA e Rússia de destruir as armas do país.

AE, Agência Estado

27 de setembro de 2013 | 21h25

A Organização também afirmou que poderia terminar a inspeção de todos os locais indicados pela lista do governo sírio dentro de 30 dias. O cronograma da OPCW inclui a destruição da produção de equipamentos até primeiro de novembro, bem como a destruição de instrumentos para misturar os químicos.

Este foi o cronograma mais rápido expedido pela OPCW, que está acostumada a proceder de forma metódica e não de maneira arriscada para atender às pressões políticas de diplomáticas. O grupo também não operava em zona de guerra, e a principal pergunta é como será fornecida segurança para seus especialistas dentro da Síria.

"A decisão envia uma mensagem óbvia de que a comunidade internacional trabalha em conjunto pela paz na Síria", afirmou Ahmet Uzumcu, diretor-geral da OPCW, em comunicado. Ele acrescentou que "não permitiremos provocações que possam obscurecer a visão de paz e segurança que envolve esta tarefa nobre". Fonte: Dow Jones Newswires. (Patrícia Braga - patricia.braga@estadao.com)

Mais conteúdo sobre:
Síriaarmas químicasinspetores

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.