Inspetores da ONU reportam progresso na Síria

Os inspetores internacionais encarregados de supervisionar a destruição das armas químicas da Síria revelaram hoje terem feito um "encorajador progresso inicial" em sua missão.

AE, Agência Estado

03 de outubro de 2013 | 14h10

A equipe conjunta de inspetores da Organização para a Proibição de Armas Químicas (Opaq) e das Nações Unidas informou ter recebido documentos do governo sírio.

"Eles parecem promissores. Mas uma análise mais detalhada, especialmente dos diagramas técnicos, será necessária e muitas dúvidas ainda precisam ser respondidas", afirmaram os inspetores.

A expectativa, segundo eles, é de que as inspeções e o desmantelamento das primeiras armas ocorram dentro de uma semana, mas isso ainda depende da ação conjunta entre grupos técnicos e especialistas sírios.

Ontem, um dia depois de terem chegado a Damasco, os inspetores de armas da ONU iniciaram formalmente a missão de destruir o arsenal químico sírio.

As metas dos inspetores são desmantelar a capacidade de produção até 1º de novembro e destruir o estoque de mil toneladas de armas químicas até meados de 2014. Fonte: Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.