Inspetores da ONU visitam instalações de mísseis iraquianos

Os inspetores de armas das Nações Unidas visitaram hoje duas instalações envolvidas na fabricação e testes do míssil Al Samoud 2, cuja destruição fora ordenada pela equipe internacional. Os inspetores se dirigiram à planta Al Fata, ao noroeste de Bagdá, que fabrica componentes do míssil, informou o Ministério da Informação do Iraque. Visitaram também a instalação de Al Rafa, a cerca de 130 quilômetros ao sul da capital, onde são testados os motores do Al Samoud 2 e de outros mísseis.Na sexta-feira, o chefe de inspetores da ONU, Hans Blix, disse que a destruição de todos os mísseis Al Samoud 2, assim como de suas ogivas, combustíveis, motores e outros componentes, deveria começar em 1º de março, porque excediam o limite máximo de alcance de 150 quilômetros, imposto pelas resoluções da ONU depois da Guerra do Golfo Pérsico, em 1991. Até agora, nenhum funcionário iraquiano emitiu comentários sobre a ordem de Blix.Segundo o ministério iraquiano, além das instalações relacionadas ao míssil, os inspetores da ONU visitaram hoje uma instalação de engenheiros militares ao sul de Bagdá, uma companhia de pesquisa de eletrônica e uma fábrica de desodorantes em Bagdá.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.