Inspetores da ONU visitam mina de urânio no Irã

Visita faz parte de acordo para a AIEA ampliar o monitoramento de instalações nucleares de Teerã

O Estado de S.Paulo,

29 de janeiro de 2014 | 10h04

TEERÃ - O porta-voz do departamento nuclear do Irã, Behrouz Kamalvandi, informou que um grupo de inspetores da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) visitará uma importante mina de urânio do país como parte do acordo que permitirá a ampliação do monitoramento de instalações nucleares iranianas.

Kamalvandi disse à agência oficial de notícias Irna que nesta quarta-feira, 29, os inspetores estavam a caminho da cidade portuária de Bandar Abbas para visitar a mina de Gachin.

Teerã e a AIEA, que é ligada à Organização das Nações Unidas (ONU), chegaram a um acordo em novembro que concede aos inspetores da agência amplo acesso às instalações nucleares iranianas. 

O acordo é paralelo a um pacto fechado com o grupo conhecido como P5+1 (China, Estados Unidos, França, Rússia, Grã-Bretanha e Alemanha) para que o Irã interrompa suas atividades mais sensíveis de enriquecimento de urânio em troca do alívio, pelo Ocidente, das sanções impostas ao país por causa de seu controverso programa nuclear.

Teerã nega as acusações ocidentais de que busca fabricar armamentos nucleares e afirma que seu programa tem fins absolutamente pacíficos./ AP

Tudo o que sabemos sobre:
Irãprograma nuclearAIEA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.