Inspetores turcos visitam local de escavação em Jerusalém

Uma delegação de arqueólogos e historiadores turcos foi enviada nesta terça-feira, 20, a Israel para analisar as escavações realizadas perto de um local sagrado de Jerusalém que alimentaram choques entre policiais israelenses e fiéis muçulmanos e geraram críticas em todo o mundo islâmico.Os muçulmanos denunciam que a escavação arqueológica israelense danificará santuários islâmicos situados na Esplanada das Mesquitas, um local de Jerusalém sagrado para judeus e muçulmanos e que está no coração do conflito entre israelenses e palestinos.Israel alega que o objetivo das escavações é impedir que objetos históricos sejam destruídos pela construção de uma passarela de acesso à Esplanada das Mesquitas, conhecida como Monte do Templo pelos judeus. A passarela foi danificada por uma nevasca em 2004.Autoridades locais dizem que a reforma é essencial para a segurança do público e não representa perigo aos locais sagrados do Islã.Osnat Guez, porta-voz da Autoridade Arqueológica de Israel, disse que a delegação turca inspecionará o local das escavações na próxima quarta-feira, 21.A Turquia, predominantemente muçulmana, mantém boas relações econômicas e militares com Israel, sendo um dos poucos amigos do Estado judeu no mundo islâmico.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.