Instrumentos indicam erupção do vulcão Kelud na Indonésia

O vulcão do Monte Kelud aparentementeentrou em erupção, um autoridade disse no sábado, baseada emsinais sismográficos, mas densas nuvens de fumaça impedem suavisualização. Cerca de 350.000 pessoas vivem a uma distância de até 10quilômetros do vulcão, localizado a aproximadamente 90 km aosudoeste de Surabaya, a segunda maior cidade da Indonésia. Saut Simatupang, do Centro de Vulcanologia, disse à Reutersque o centro havia detectado tremores contínuos no vulcão, umaindicação de sua erupção, mesmo sem a visualização de sinais delava ou cinzas devido à nuvens pesadas na região. "Há nuvens pesadas por lá, então não é possível ver nemcinzas. Mas instrumentalmente está em erupção, como mostram osregistros sismográficos acima das escalas," ele disse. As autoridades têm monitorado o vulcão ao leste de Java porvárias semanas. Com o aumento da atividade e a iminência daerupção, o estado de alerta foi intensificado ao máximo há duassemanas. Na última erupção do Monte Kelud em 1990, pelo menos 30pessoas foram mortas. A Indonésia é o país com maior número devulcões em atividade, localizada numa região de intensaatividade sísmica conhecida como "Círculo de Fogo do Pacífico." (Reportagem de Telly Nathalia)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.