Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Insulza é reeleito secretário-geral da OEA

O chileno José Miguel Insulza, de 66 anos, foi reeleito hoje para mais um mandato de cinco anos como secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA). Ele ocupa o posto desde 2005 e era candidato único. A votação foi por aclamação, um sistema de consenso que não requer votação individual de cada Estado-membro.

AE-AP, Agencia Estado

24 de março de 2010 | 14h17

Apesar disso, Venezuela, Nicarágua e Bolívia fizeram declarações prévias manifestando sua discordância com o rumo que, na opinião deles, a OEA está tomando. A eleição por aclamação buscava mostrar uma entidade sem fissuras, que respalda seu principal representante.

Em 2005, Insulza necessitou de três turnos de votação para conseguir os apoios necessários dos 34 Estados-membros. Dessa vez e com um membro a menos, pela suspensão de Honduras, as divergências foram menores, ainda que Venezuela, Nicarágua e Bolívia relutassem até o fim em aceitar a recondução do secretário-geral.

Tudo o que sabemos sobre:
OEAInsulzavotaçãoreeleição

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.