Insurgentes atacam maior refinaria do país

Militantes atacaram ontem a maior refinaria de petróleo do Iraque, na cidade de Baiji - antigo reduto da Al-Qaeda -, matando pelo menos quatro trabalhadores. A explosão provocou ainda um grande incêndio que levou ao fechamento da instalação, no norte do país. Os insurgentes colocaram explosivos em uma unidade de produção de querosene e benzeno, informou o governador da província de Salahuddin, Ahmed al-Jubouri. O incêndio, que começou antes do amanhecer, foi controlado cerca de cinco horas depois, com a ação de mais de 50 carros de bombeiros.

, O Estado de S.Paulo

27 de fevereiro de 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.