Insurgentes e um soldado morrem em combate no Paquistão

Exército paquistanês iniciou há meses operações para acabar com o movimento insurgente do vale de Swat

Efe,

07 de dezembro de 2008 | 05h08

Pelo menos 13 supostos insurgentes e um soldado morreram no transcurso de um bombardeio e um combate do Exército paquistanês com talebans no vale de Swat, segundo informou neste domingo, 7, o comando militar da região em comunicado. Os bombardeios aconteceram no sábado no distrito de Matta e foram feitos por um helicóptero Cobra após localizar vários esconderijos dos insurgentes, segundo a nota, divulgada pelo canal Geo TV. O bombardeio matou 11 insurgentes e feriu outro na área de Nalkot, onde um armazém de explosivos ficou destruído. Além disso, dois insurgentes e um soldado morreram também no sábado no transcurso de um combate na cidade de Matta, no qual também ficaram feridos quatro fundamentalistas. O Exército paquistanês iniciou há meses operações para acabar com o movimento insurgente do vale de Swat, situado na Província da Fronteira Noroeste, uma das áreas de maior atividade dos talibãs paquistaneses.

Tudo o que sabemos sobre:
Paquistãobombardeiocombateconfronto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.