Insurgentes e uma mulher morrem em tiroteio na Caxemira

Pelo menos três supostos insurgentes e um civil morreram nesta segunda-feira, 28, em um tiroteio entre os rebeldes e as forças de segurança indianas na região da Caxemira (norte), informou uma onte policial.

Efe,

28 de setembro de 2009 | 06h07

 

O tiroteio aconteceu no distrito de Pulwama depois que um grupo de insurgentes atacou as forças de segurança desdobradas nesta região da Caxemira indiana. "Três terroristas, entre eles dois paquistaneses e um aldeão, morreram no combate com as forças de segurança", disse à agência Ians um responsável policial, acrescentando que todos eles pertencem ao grupo Lashkar-e-Toiba, ao qual Nova Délhi atribui o atentado de Mumbai de novembro de 2008.

 

Uma vizinha de Pulwama perdeu também foi morta durante o tiroteio, segundo a fonte, assegurando que os fundamentalistas estavam planejando realizar atentados suicidas em Srinagar, capital do estado indiano da Caxemira.

Tudo o que sabemos sobre:
talebansÍndia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.