Insurgentes nigerianos matam 6 pessoas em ataque de vingança

Insurgentes da seita Boko Haram mataram pelo menos seis guardas florestais nesta terça-feira num ataque em represália à destruição de uma base deles por tropas em helicópteros numa reserva de caça na Nigéria.

Reuters

05 de fevereiro de 2013 | 18h32

Na semana passada, forças de segurança mataram 17 militantes e destruíram dois campos de treinamento da Boko Haram no nordeste do país, um na floresta e outro na Reserva Sambisa.

A autoridade responsável pela reserva, Hassan Malgwi, disse que os supostos atiradores da Boko Haram atacaram o acampamento após a meia-noite.

"Seis pessoas foram mortas. Muitos de nossos funcionários ainda estão desaparecidos, já que o acampamento agora está deserto", disse.

O Exército nem a seita estavam disponíveis para comentar.

A Boko Haram é vista como a ameaça mais séria à estabilidade da Nigéria, principal produtor de energia da África, e governos ocidentais temem que o país possa se tornar uma base para operações de grupos ligados à Al Qaeda no Saara.

(Reportagem de Ibrahim Mshelizza)

Tudo o que sabemos sobre:
NIGERIAINSURGENTESMATAM*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.