Integrante de reality show é encontrado morto no Canadá

O ex-participante de um reality show norte-americano, Ryan Jenkins, foi encontrado morto ontem, em um hotel na cidade canadense de Hope, próxima a Vancouver. Jenkins, de 32 anos, era procurado na Califórnia por acusações de homicídio premeditado, após o cadáver mutilado de sua ex-mulher, Jasmine Fiore, ser encontrado em um cesto de lixo na cidade de Buena Park, próxima a Los Angeles. O sargento Duncan Pound, da unidade de integridade fronteiriça da Real Polícia Montada, disse que a polícia respondeu a um telefonema sobre uma pessoa morta em Hope, a leste de Vancouver, e logo convocou os investigadores que buscavam Jenkins.

AE-AP, Agencia Estado

24 Agosto 2009 | 16h49

Jenkins desapareceu na semana passada, mas seu barco foi encontrado na quarta-feira, em um porto perto da fronteira entre Estados Unidos e Canadá, ao sul de Vancouver. Jenkins e Fiore se conheceram em Las Vegas, em março, e se casaram umas semanas depois. Separaram-se logo, mas, aparentemente, haviam se reconciliaram há pouco tempo. Jenkins participou do reality show "Megan Wants a Millionaire", do canal VH1. Ele era um dos 17 homens que tentavam conquistar a modelo Megan Hauserman. Devido ao ocorrido, a transmissão do programa foi cancelada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.